SOBRE

Um insight em um grupo de 130 Agentes de todo o Brasil que estão conectados há 3 anos foi o bastante para 6 destes lidedarem um movimento totalmente independente visando tentar tornar mais conhecidos alguns dos problemas que deixam o Agenciamento de Viagens em uma zona de extremo risco. Somos Agentes, Empresários e Cidadãos que resolveram tentar contribuir e somar com ações já existentes e com uma única finalidade: Ajudar! Com fundamento técnico, objetividade e praticidade vamos conseguir unir os Agentes para que possamos ter voz ativa para apresentar soluções para os problemas relacionados. 

O QUE QUEREMOS

Um mercado melhor

O mercado precisa de um equilíbrio ! Nós, Agentes precisamos de união, massificação da mensagem, conscientização de alguns fornecedores e principalmente cobrar ações mais enérgicas de entidades de representação junto a política nacional para que assim possamos trabalhar sem tanta dor de cabeça!

QUEM SOMOS

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/1

COMO

Reconhecemos os esforços das instituições que representam a classe e sabemos da suma importância destas, mas como empresários, cidadãos e Agentes de Viagens, resolvemos arregaçar as mangas e fazermos a nossa parte para ajudar a alinhar estes problemas que tornam o ambiente de negócios frágil e de alto risco.

Alguns dos principais problemas:
 

- Responsabilidade solidária (100%)
Significa que uma Agência de Viagens é responsável por qualquer inconformidade em relação a entrega do produto mesmo quando não seja dela a culpa pelo problema. Exemplos clássicos: Falência de uma operadora ou empresa aérea: A Agência é responsável por toda compensação ao passageiro, mesmo quando não tenha culpa alguma . Este é um tema já discutido em diversas esferas e tema "engavetado" no governo Dilma. A responsabilidade solidária tem choque com o CDC e a Lei Geral do Turismo. Um dos principais problemas é a generalização e não distinção do que é Agência, Operadora, Consolidadora e os próprios produtos, ficando a Agência na ponta do atendimento, responsável pelos problemas que na maioria das vezes não é causado por ela. A sugestão de uma solução prática é a identificação de cada player no processo de venda e a proporcionalização da responsabilidade solidária, ficando cada parte com a sua respectiva relevancia e sempre o detentor do produto com a maior parte dela, já que é o responsável pela maior fração do valor da transação. A responsabilidade solidária praticada da forma que está hoje fragiliza o mercado e inibe o seu crescimento.

Desequilíbrio de condições comerciais.
Com o passar dos anos e as tecnologias avançando o mercado fornecedor passa a adotar tarifas flutuantes que muitas vezes penaliza os canais de distribuição B2B. Além de desequilíbrio de tarifas nos últimos tempos há casos de restrição de inventário para os intermediários mesmo havendo disponibilidade nos meios de hospedagens. Com isso, vários hotéis, resorts, pousadas, de todos os portes e em vários destinos passam a adotar a perigosa cultura do "Compre Direto". Neste caso, sugerimos a união dos Agentes para que possamos conscientizar fornecedores e mostrar a força de distribuição que temos, além de também mostrar aos clientes a importância de reservar somente em parceiros que protegem a cadeia, garantindo o desenvolvimento do  mercado. Temos que acabar com a prática predatória de fornecedores desleiais. 

- Cultura do "Compre Direto"
Principalmente alguns meios de hospedagens, mas podemos incluir qualquer tipo de fornecimento, a perigosa cultura do "compre direto que é mais vantagem" acarreta em desgastes e um ambiente de negócios muito frágil. Temos que promover a união para combater e concientizar esse tipo de comportamento. Cobrar das instituições campanhas e ações práticas no intuito de eliminar esse tipo de comportamento e assim voltarmos a enxegar em todas as campanhas de fornecedores o "compre com o seu Agente de Viagens".

Existem diversos outros problemas a serem enfrentados, porém estes são os que mais desestabilizam o ambiente de negócios e há soluções simples e ágeis para mudar este cenário. É necessário união, entrosamento e força de articulação para mostrarmos as pessoas certas e da forma correta como podemos mudar tecnicamente e assim aumentar a qualidade do ambiente, que é o que importa para todos.

 

DO QUE PRECISAMOS

Os passos são bem claros e precisamos da força de todos os Agentes de Viagens, proprietários e Emissores, para que consigamos espalhar a mensagem por todos os cantos do Brasil e assim possamos atingir o objetivo que é para todos.

1 - O primeiro passo é cada Agente preencher o formulário deste site (Nome, Empresa, Cargo, Cidade, Estado e Email). Estes dados servirão para sabermos quantos somos e de onde somos. Nenhum dado será utilizado para fins comerciais, marketing ou qualquer utilizade que não seja quantificar para este fim específico.
 

2 - Em paralelo aos contatos com os Agentes para adesão ao movimento, estamos em contato com instituições do Trade, políticos e trabalhando para ajudar na proposição de soluções práticas dos problemas.

3 - Após apresentados os problemas e proposto soluções, cobraremos e acompanharemos as iniciativas políticas e das instituições de classe visando ajudar e somar na aplicação das soluções visando obtermos um mercado aberto, equilibrado e justo.

4 - Manutenção das ações visando sempre a implantação prática de soluções viáveis e benéficas ao mercado. 

 

Contamos com vocês !


 

FAÇA PARTE

Seus dados não serão compartilhados ou usados para nenhuma atividade que não seja a quantificação dos Agentes e possível comunicação sobre o movimento.